Dicas para fazer boas compras na Black Friday

Dicas para fazer boas compras na Black Friday
O que era apenas uma tradição americana já virou febre entre os brasileiros. Estamos falando da Black Friday, a última sexta-feira do mês de novembro, que é um marco no comércio mundial por oferecer descontos diferenciados aos consumidores.
Neste ano,a Black Friday será realizada no dia 29 de novembro. Mesmo assim, algumas lojas costumam oferecer descontos nos dias que antecedem a data oficial da liquidação. Por isso, é bom ir planejando desde já as compras e, principalmente, reunindo informações para se livrar das falsas promoções.

Confira, a seguir, algumas dicas para fazer boas compras na Black Friday.
Avalie suas necessidades e orçamento
Como em qualquer processo de aquisição de um bem, o planejamento é uma etapa essencial, inclusive quando a oferta vem acompanhada de um bom desconto. Em meio a esse turbilhão de promoções, você corre o risco de fazer uma compra por impulso.
Por isso, observe o que, de fato, você precisa adquirir e veja se o orçamento disponível será capaz de cobrir os custos – mesmo que o desconto seja atrativo. Evite fazer dívidas exorbitantes.
Uma boa ideia é aproveitar a Black Friday para comprar os presentes de Natal. Que tal fazer uma lista de quem você pretende presentear e com o que? Esse pode ser um primeiro passo!

Pesquise os preços com antecedência
Com a lista dos produtos que você precisa comprar em mãos, aproveite que a data ainda não chegou para pesquisar o preço destes itens fora da promoção. Assim, no dia 29 de novembro, você saberá diferenciar se, realmente, as lojas estão oferecendo um bom desconto ou se o preço anunciado não passa de uma “falsa propaganda” – algo que, infelizmente, acontece com muita frequência nesta época.
Com a lista dos produtos e preços, também será possível avaliar as lojas que oferecem os descontos mais atrativos e economizar de verdade!

Busque as lojas confiáveis
Embora o propósito da Black Friday seja gerar uma boa oportunidade de compra para o consumidor, alguns falsos comerciantes aproveitam a ocasião para aplicar golpes. Por isso, dê preferência às lojas que possuem tradição, ou seja, que são confiáveis e conhecidas pelo público ou por sua comunidade – caso a promoção também envolva algum pequeno comerciante da sua região.
Na internet, no site de alguns Procons, é possível conferir listas de lojas confiáveis e também daquelas que não são recomendadas pelo instituto (a chamada lista negra). Na internet, a atenção com a compra deve ser redobrada. Evite clicar em links desconhecidos e não acesse todo e qualquer conteúdo.

Lembre-se dos custos extras
Por fim, lembre-se que, em alguns casos, a compra feita durante a Black Friday pode acarretar custos extras, que nem sempre recebem o mesmo desconto do produto. É o caso do frete, valor cobrado para entrega do item.
Aliás, o prazo desta entrega também pode variar de uma loja para outra. Portanto, considere estes fatores na hora de decidir se vale a pena comprar na loja física ou pela internet.
Em ambos os casos, planejamento e segurança são fundamentais. Siga essas dicas e faça boas compras na Black Friday!



Imagens/Internet